PATRIMÓNIO

A marca Safilo surgiu em 1934 com a produção de lentes graduadas e bifocais, junto com uma vasta gama de armações de vista e de sol. Os primeiros itens de óculos produzidos incluíam, especialmente, modelos feitos com um material especial e flexível conhecido como celulóide. Estes óculos especiais surgiram numa versão com lentes redondas Harold Lloyd-esque ou com lentes alongadas em forma de borboleta, inspirado pelo estilo em voga entre as estrelas de Hollywood.

1930

Durante os anos 40, que coincidiram com os anos difíceis da ocupação alemã, a marca Safilo concentrou-se na produção de um único modelo com a armação em celulóide, que foi produzida em duas cores - âmbar e castanho claro avermelhado - destinado ao mercado alemão. Apesar dos produtos serem destinados para o mercado dos Alpes, a produção continuou e a Safilo concentrou seus esforços na pesquisa de tecnologias inovadoras.

1940

Durante os anos 50, os óculos Safilo tornaram se num acessório essencial para a geração mais jovem, atraídos pelo estilo americano que virou moda no período pós-guerra, que procurava óculos com um look vibrante e cativante. Ao mesmo tempo, as novas colecções Safilo completaram a gama existente de produtos com oferta de modelos desportivos: foi durante este período que a marca apresentou os primeiros modelos projectados para fornecer um desempenho técnico superior. A marca Safilo estava procurando alcançar nada para além da excelência.

1950

Os anos 60 trouxeram o boom económico. Neste período existia uma onda para ser cavalgada, uma mina de ouro de potencial para ser explorada. O poder económico cada vez maior do país inspirou também a Safilo a aumentar a própria colecção. Os óculos Safilo adquiriram uma maior personalidade que foi expressa, acima de tudo, nos perfis generosos e grandes desse período. Os óculos tornaram se num item de moda de vanguarda, a sua palavra-chave associada “útil” agora foi complementada com “atraente”.

1960

Os anos 70 giravam em torno da inovação e nas várias formas. Isso significou para a marca um uso maior de metal, função que foi integrada na invenção da charneira apresentada nas últimas criações que teriam formado a colecção Elasta. O novo componente levou a um conforto imbatível, permitia que as hastes fossem forçadas para fora, sem deformar os óculos e sem alterar o ponto focal. Os perfis de tamanho grande ainda eram populares, com as várias colecções Safilo que ofereciam aos clientes uma vasta gama de escolha. .

1970

Quando chegaram os anos 80, a colecção Safilo começou a reflectir os gostos dos clientes ainda mais de perto: os novos óculos de sol e de vista atenderam os desejos do público de óculos que encontrassem necessidades práticas - fortes e leves - mas também com impressão visual, tocando o excêntrico. Os óculos tornaram se um “must”, um acessório para ser mostrado, projectado para a pessoa ser notada. O uso do titânio – um material extremamente leve, forte e hipoalergénico – foi introduzido nos modelos lançados pela Safilo ao longo da década.

1980

Os óculos Safilo desde o fim do último século foram forjados de materiais projectados para oferecer um produto de vanguarda. Metal, aço e titânio foram os materiais chave utilizados em armações, tornando-as incrivelmente leves, flexíveis e fortes. No que diz respeito aos perfis, a ênfase foi colocada num desenho linear sem complicações. Todavia, a grande variedade da marca oferecia ainda uma das mais extensas gamas de toda a indústria de óculos

1990

O século 21 abriu com óculos pensados para fascinar e virar um objecto de desejo. A Safilo inventou colecções originais, sofisticadas e refinadas. A atenção pelo detalhe e a paixão pelo design inspiraram os óculos Safilo Diamonds decorados com cristais de strass, assim como a colecção Safilo Design marcada por detalhes meticulosos e contemporâneos. As linhas Safilo Elasta e Safilo Library, para um público mais maduro, e a linha Seventh Street, com sua variedade de modelos frescos e coloridos para uma geração mais jovem, completam a grande oferta de produtos Safilo. 

2000